A galinha dos ovos de ouro está com câncer

Este pequeníssimo texto não tem pretensão alguma que não a de recomeçar minhas opiniões com mais regularidade.

Vou pontuar: primeiro, quando o Conselho Nacional de Justiça defeca sobre um dos pilares do Plano Real, que é a desindexação da economia, e o faz sem Jurisdição (CNJ não é Poder Judiciário) e, para somar, os governos estaduais acadelam-se de modo vil e covarde, onde poderemos chegar? Segundo, quando isso acontece, e a partir do CNJ, órgão administrativo de índole federal, os orçamentos dos Estados Federados deixam de estar à disposição dos próprios estados e passam ao domínio de um ente administrativo externo, o que dizer sobre o sistema federativo inscrito na Constituição?

Precisamos ser juristas para entender a dimensão do que está acontecendo? Vamos eleger deputados e governadores para quê?

Vamos pensar. Especialmente no caso do Rio Grande do Sul (e com certeza na absoluta maioria dos estados brasileiros) que estamos quebrados e onde não há dinheiro para ser investido na sociedade, onde será o fim do buraco?

E àqueles a quem foi dada a prerrogativa de defender os interesses da sociedade, deputados e governadores, farão o quê?

querem minha opinião? Não farão nada. A sociedade não manda mais no Estado. Ele está, cada vez mais, nas mãos de pequenas e poderosas aristocracias estatais; e não falo de professores, brigadianos ou funcionários médios.

Não vai dar certo. É questão de tempo. Creiam. Mesmo os com beicinho ou nariz torcido, creiam. A galinha dos ovos de ouro está com câncer e vai morrer.